• myborzatto

Sobre ser mulher

Quando eu era adolescente eu me lamentava por ser mulher...

Imagens pessoais Algumas Mulheres que me inspiram.


Lembro de na infância e adolescência me lamentar por ser mulher. Cresci numa família onde desde cedo via meus primos discutindo assuntos “importantes” e sendo levados a sério, enquanto eu não.


Eu me lamentava por não ter uma vida mais fácil. E no meio de tudo isso minha mãe me dizia: você não pode depender de marido minha filha, tem que ter o que é seu.


Pois bem, saí da minha cidade aos 15 anos e foi daí em diante que comecei a ver todas minha realidade em perspetiva. Comecei a ver que aqueles assuntos “importantes” pouco me interessavam. Vi o quanto de referência feminina f*** a minha família tem.


Minha mãe, minhas tias, primas, irmãs e avós, todas, de alguma forma, me fizeram o que sou e me ensinaram a admirar outras mulheres, a ser solícita e ajudar sempre que possível no que me couber.


Hoje eu não lamento ser mulher, EU AMO SER MULHER.


Nos últimos anos empreendendo o quanto ser mulher me aproximou de outras pessoas, o quanto me fez ver além, não há assunto “importante” que pague. Por ser mulher, me vi amparada e cada vez mais encontro mulheres dispostas a seguirem em frente juntas, se apoiando e ajudando.


É difícil sim, mas imagine a tristeza de viver num ambiente masculino de competição, pra mim parece pior.

Oficina de Bullet Journal da Tre Sorelle, no Instagram @tresorelle.co.

VAMOS JUNTAS?!


41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Faça parte da nossa comunidade e receba nossas novidades por e-mail.

Pagamentos

cartões de crédito

boleto

Prazo de produção
5 a 10 dias úteis dependendo da quantidade de ítens no carrinho

e dos produtos escolhidos.

© 2020 por Mbô Papelaria Criativa-

CNPJ 32.723.234/0001-53.
contato@cadernosmbo.com.br